Como trabalhamos

Nosso trabalho se desenvolve em três fases.

1ª Fase – Brasil

Nesta fase, assim que o cliente nos enviar as certidões de inteiro teor dos antepassados (ou, no caso de preferir que nós a solicitemos, assim que tivermos todas em nosso poder), faremos a análise minuciosa das mesmas parar verificar se há a necessidade de alguma retificação (correção). Estas discrepâncias em realidade são bastante comuns, pois havia muita diferença na grafia principalmente dos sobrenomes italianos ao serem registrados pelos cartórios no Brasil.

Efetuaremos as devidas retificações através de um processo administrativo ou judicial conforme o caso (o nosso próprio advogado resolverá estas questões) e uma vez corrigidas e reemitidas, as certidões serão traduzidas (através de nosso tradutor juramentado) e finalmente apostiladas (legalização internacional) para que possam ter valor jurídico na Itália.

2ª Fase – Intermediária 

Esta é a fase mais curta, que consistiria apenas na preparação da viagem e reserva de uma residência na Itália para o cliente e/ou sua família.

Além disto, nossa equipe na Itália já estará terminando todos os preparativos para receber o cliente e/ou sua família.

3ª Fase – Itália 

Uma vez chegados na Itália, o cliente e/ou sua família será recebido por nós no aeroporto e levados à residência e iniciaremos os trâmites de nacionalidade. Todos os formulários estarão preparados por nossa equipe e iniciaremos o pedido formal de cidadania propriamente dito já no dia seguinte.

Nesta fase, será necessária uma série de documentos que será preparada por nós, sem que o cliente tenha que se preocupar com nenhum tipo de burocracia.

Assim que protocolaremos o pedido da cidadania no Comune, esperaremos a visita do vigile urbano que é um policial municipal que tem a função de verificar se a pessoa que está solicitando a cidadania realmente mora naquela residência. A partir desta visita, o vigile informará ao Comune e inscreverá imediatamente o interessado como residente.

A partir desta fase, o Comune se comunicará com o Consulado Brasileiro (que tem jurisdição na cidade onde o cliente morava no Brasil) para que este envie um comprovante de que o dante causa nunca pediu a nacionalidade brasileira. Esta fase pode demorar entre 4 e 8 semanas, em média.

Finalmente, e uma vez que este documento chegou no Comune, se expedirá um certificado de nascimento italiano e poderemos solicitar imediatamente a carteira de identidade italiana e o passaporte.

Este trâmite na Itália pode demorar aproximadamente 3 meses, dependendo da rapidez do Consulado Italiano no Brasil em enviar a certidão de não naturalização.

Entre em contato conosco para saber se você tem direito à cidadania italiana.

Rodapé

Anúncios